27 fevereiro 2011

Leite Materno

Leite materno protege o intestino do bebê
 
 
Pesquisadores britânicos descobriram no alimento natural uma substância responsável pela preservação do sensível órgão infantil
 
 
Por Gabriela Agustini
Se você já tinha motivos de sobra para amamentar o seu pequeno, conheça mais um: estudo da Universidade de Londres, no Reino Unido, acaba de comprovar que um ingrediente presente no leite materno auxilia a prevenção e recuperação de problemas digestivos do bebê. Detalhe: essa substância não é encontrada nas fórmulas infantis.

Trata-se de uma secreção inibidora de tripsina, uma proteína presente no intestino. Ela se encontra disponível em maior quantidade no colostro, o leite fluido e viscoso produzido pela mãe nos primeiros dias de vida do pequeno. Denominada PSTI, sua existência já era conhecida no pâncreas, onde tem a função de proteger a glândula das enzimas digestivas que ela mesma fabrica. O que os pesquisadores descobriram agora é que essa mesma ação de defesa acontece no intestino da criança.

Nas análises realizadas em laboratórios, os britânicos constataram que a substância estimula as células intestinais a se mover em torno de uma área danificada, formando, assim, uma proteção natural nas paredes do órgão.

“O estudo é importante porque mostra como o componente protege e ajusta o intestino no instante em que recebe o alimento. Isso reforça ainda mais os benefícios da amamentação”, explica Ray Playford of Barts, líder do estudo. Vale lembrar que os recém-nascidos são particularmente suscetíveis a problemas digestivos.